PROCURANDO ENTRE AS ESTRELAS*

20/09/2015 12:55

27/08/2015 09:37

Por Frederico Spencer

 

 

 

“A dignidade está em se encantar

 com o percurso para dar sentido ao fim.”

Spencer Júnior

 

Ao longo de sua história o homem busca um diálogo com as divindades que circundam o exterior e o interior de cada um de nós. Esse diálogo tem sido mediatizado pela estrutura de poder de cada época, vivenciado pela cultura de cada povo, dessa maneira, se construiu as imagens e os poderes do divino no imaginário coletivo.

Neste seu mais recente livro, o Dr. Spencer Júnior traz uma nova visão na construção deste diálogo, dando-lhe um sentido mais humanizado, trazendo o debate para uma linguagem menos simbólica e também menos dogmática, mesmo utilizando-se do gênero prosa poética como forma de expressão – cria um canal direto entre criador e criatura - um punhado de barro, origem mais básica do ser humano, que se põe acima de todos os outros homens ao abrir uma linha direta com seu criador, numa conversa frente a frente, tête-à-tête.

Questões como, para onde vou e por que estou aqui, se fizeram presentes no cotidiano do homem ao longo de sua história, a partir da descoberta da finitude da vida. Outras questões, também de cunho existencial, marcam o processo evolutivo deste ser vivente em sociedade, tais como: o amor, o medo, as angústias, enfim, de todo um rosário de perguntas que, segundo Heidegger, formam uma cadeia utilitária levando este mesmo homem ao vazio existencial. Sem respostas do tipo “fórmulas prontas” e muito mais de “múltipla escolha”, o Ser recorre à metafísica com o propósito da busca do conforto psicológico e espiritual.

Valendo-se de seus conhecimentos como Doutor em Neuropsiquiatria e larga experiência na clínica em psicologia, Spencer Júnior se distancia do coloquialismo do existencial farmacológico, portanto de uma cultura de mercado e, faz emergir através de suas experiências como pesquisador os questionamentos que hoje ocupam os divãs das clínicas e das estantes das livrarias.  Longe de ser um compêndio de autoajuda, o “Homem precário: colisões entre o nada e o vazio - Um ensaio sobre a ontologia fraca do humano” aponta caminhos baseados nos estudos da neurociência, onde os processos mentais, ligações sinápticas, metafísica, religião e ideologia se ligam formando um todo, um inconsciente coletivo cibernético.

 

(Texto de Apresentação do mais recente livro do Dr. em Psicologia Spencer Júnior, lançado ontem num seminário de psicologia no Hotel Onda Mar, Recife - Pernambuco).

 

Serviço:

Autor: Spencer Júnior

Editora: Bagaço

Páginas: 72

Gênero: Psicologia

Vendas: com o autor: por este site.

 

 

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!